MENU

Image
LEME
2—12 DEZ 2021
Ílhavo, Gafanha da Nazaré e Vista Alegre
Ílhavo

Festival de Circo Contemporâneo e Criação Artística em Espaços não Convencionais

Depois de um ano de suspensão, que se é uma das técnicas que mais nos impressiona no circo contemporâneo, nos limita quando falamos de tempo e expetativas, o LEME regressa para uma edição diferente, maior na sua duração porque diluída em mais dias e mais espaços.


O que fica depois do vazio? A compensação, a consequência, a instabilidade, o coração nas mãos, os monstros debaixo e por cima de todas as camas e as camas às vezes são não mais que os nossos peitos ainda carregados de balas disparadas por nós. Mas o que é o peito, se não, também a cama onde aterramos da queda? E trepamos. Regressamos à corda, à subida, à estrutura, ao salto, ao outro.


As balas ainda no peito, mas a ideia de que desdramatizar e reconstruir talvez seja a forma mais fácil de nos equilibrarmos sob, sobre, uns com e nos outros. E depois, a acrobacia constante de contemplarmos mudar, mexer, transfigurar: como fez Rui Paixão, que se começou por conceber por “Irredutível”, em 2020, fez parir “Albano”, em 2021. Sobre, precisamente, ser apanhado desprevenido. Não saber o que se espera. Mas se falamos nos espetáculos desta edição para falar sobre como chegámos, navegando, até aqui, importa não esquecer o que nos quer dizer “Un contre un”: não podemos olhar para trás.


São dez dias para a frente, inteiros e ateados à espera. 


Com França como país convidado, e com destaque para as técnicas de acrobacia de mão e mão e de mastro chinês na programação desta edição, mantemos muito do que importa: o apoio à criação artística e aos novos criadores, através da categoria Navegar, continua a aposta na formação, no diálogo e na diversidade, tanto na programação que apresenta como nos públicos que chama e acolhe. 


Há novos espaços. O LEME vai para diferentes palcos, inesperados, onde testa os limites do circo e do território como, por exemplo, o Cais Bacalhoeiro da Gafanha da Nazaré. Mantém-se o desafio à reflexão e ao pensamento crítico sobre circo contemporâneo, através do Circus Fórum, que promove um encontro entre profissionais da área, e do Beta Circus, um projeto de cooperação europeu que seleciona artistas que serão integrados num programa internacional de capacitação em novas tendências para a criação contemporânea, com foco na "nova magia", esta última que é também uma das novidades da edição deste ano do LEME.

Image overlay
Lorem ipsum
2—12 DEZ 2021
Ílhavo, Gafanha da Nazaré e Vista Alegre

Eventos do Festival

FILTROS

DISCIPLINA

·

TEATRO PARA BEBÉS

·

APRESENTAÇÃO

·

OFICINA

·

INSTALAÇÃO

·

MULTIDISCIPLINAR

·

PROJETO

·

CONVERSA

·

MÚSICA PARA BEBÉS

·

INTERDISCIPLINAR

·

PROGRAMA DE RÁDIO

·

ATIVIDADES

·

RÁDIO

·

PROGRAMAÇÃO

·

Comunicado

·

ARTES PLÁSTICAS

·

TEATRO DE PAPEL

·

TEATRO DOM ROBERTO

·

PERCURSO

·

EXPOSIÇÃO

·

PERFORMANCE

·

ENTREVISTA

·

TEATRO DE MARIONETAS

·

STAND-UP

·

ARQUITETURA

·

DANÇA

·

ARTES PERFORMATIVAS

·

FORMAÇÃO

·

CIRCO CONTEMPORÂNEO

·

TEATRO

·

CINEMA

·

Música

LOCAL

·

Cais Criativo

·

Laboratório Artes

·

Fábrica Ideias

·

Casa Cultura

AUDIÊNCIA

·

M/11

·

dos 3 aos 10 anos

·

M/16

·

Maiores de 5 Anos

·

Maiores de 14 Anos

·

M/12

·

Maiores de 8 anos

·

Maiores de 7 anos

·

dos 0 aos 36 meses

·

Bebés dos 4 aos 36 meses

·

M/3

·

M/4

·

M/6

·

M/10

LIMPAR FILTROS

Edições passadas

Image
2019
LEME

Festival de Circo Contemporâneo e criação artística em espaços não convencionais

MAIS INFORMAÇÕES

Image
2018
LEME

Festival de Circo Contemporâneo e Criação Artística em Espaços não Convencionais

MAIS INFORMAÇÕES

Image
2020
LEME

Festival de Circo Contemporâneo e Criação Artística em Espaços Não Convencionais

MAIS INFORMAÇÕES

Laboratório Artes
CONVERSA
19
Jan
21:30
Uma Guitarra, um Gira-Discos e uma Planta
Tiago Bettercourt

Num formato intimista, munido de uma guitarra, um gira-discos e uma planta, a proposta é embarcar numa viagem tranquila, guiada por Tiago Bettencourt pelo seu disco “2019 Rumo ao Eclipse”.

CDI - Centro de Documentação de Ílhavo
OFICINA
4
Fev
14:30
Passo a passo pelo bairro da minha escola: transformações e permanências
Por Ana Brites, Ana Loureiro, Filipa Ferreira e Vitória Pinheiro — Arquivo Municipal de Lisboa

Será que o bairro da nossa escola mudou muito ao longo dos anos? Se nós não estivemos sempre cá como podemos saber? Onde se guardam essas memórias? Mapas, cartas topográficas e fotografias são alguns dos registos que nos permitem viajar e ficar a saber o que mudou e o que permaneceu igual.

Biblioteca Municipal de Ílhavo
OFICINA
4
Fev
15:30
Bibliodiversidade - Promoção da inclusão através dos livros e literatura para jovens
Oficina

Nesta oficina, observamos o livro juvenil sob a lente da bibliodiversidade: há ou não livros sobre identidade de género, racismo, desigualdades sociais, deficiência, religião (entre outros temas) para jovens? Que perspetivas adotam?


Museu Marítimo de Ílhavo
OFICINA
4
Fev
10:00
Teatro e Museus: o trabalho de comunidade
Por Graeme Pulleyn

Das coleções dos museus e dos seus patrimónios nascem projetos de comunidade, que ativam as memórias que estes espaços culturais preservam.

Laboratório Artes
OFICINA
4
Fev
10:00
Especificalistas: ou a importância de estimular o pensamento crítico
Oficina

Neste encontro, de carácter informal e dinâmico, Susana Alves partilha o que têm sido estes dois anos do projeto Especificalistas, sugerindo aos participantes que se converse sobre a metodologia, sobre as surpresas encantadoras que o projeto tem criado, bem como as dificuldades que tem ultrapassado.

Laboratório Artes
CONVERSA
3
Fev
16:00
Palavras Andarilhas – Festa da palavra contada
Boas Práticas II

“Palavras Andarilhas”, iniciativa que decorre em Beja desde 1994, assume-se hoje como uma festa da palavra contada e lida, partilhada por centenas de crianças e adultos.

Laboratório Artes
CONVERSA
3
Fev
14:30
Associação Cultural Terra Amarela - Plataforma de Criação Artística Inclusiva
Boas Práticas I

A Terra Amarela é uma estrutura fundada em abril de 2018, com foco na reflexão em torno de três eixos estruturais de trabalho - liberdade, democracia e felicidade - com direção artística do ator e encenador Marco Paiva

Laboratório Artes
CONVERSA
3
Fev
10:00
Arte, Cultura e Paisagens Humanizadas
Debate

Para refletir sobre a relação entre a arte, a cultura e a necessidade das paisagens humanizadas e dos territórios criativos e criadores, desafiamos o geógrafo Álvaro Domingues, a investigadora e dramaturga Ana Pais e a historiadora Maria de Assis.

Laboratório Artes
MÚSICA
13
Mar
16:00
Paulo Bragança
apresenta White Rabbit

A raiz profunda, a matiz primeira da música de Paulo Bragança está no Fado - a canção de cariz urbana e tradicional portuguesa.

Laboratório Artes
MÚSICA
12
Fev
11:00
Tangerina
por Gira Sol Azul

Tangerina é uma viagem pelo universo da palavra, feita ora prosa, ora poesia, num “tom de menino pequeno que está a falar com a sua mãe”.

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bol - Bilheteira Online
Tel.

234 397 260


Para assuntos relacionados com bilheteira contactar os números 234 397 263

©2019 23 Milhas
Image