MENU

Projeto
O que é?

O 23 Milhas é o projeto cultural do Município de Ílhavo. Além de uma vasta programação em diversas áreas artísticas, promove a criação artística, a formação e o pensamento crítico, procurando cultivar a relação entre artistas e espetadores, bem como ativar território e comunidade.

A sua atividade acontece em quatro espaços: Casa da Cultura, Fábrica das Ideias, Cais Criativo e Laboratório das Artes.

Visão

Da imaterialidade

Qual a função da cultura no dia a dia?

Projeto - Visão

Os lugares e a cultura sobrevivem sob o efeito da mesma fórmula: gente, tempo e vontade. Ainda que possa ter como referente a produção material, o património imaterial é o verdadeiro responsável pela agregação das comunidades e dos seus territórios. E, por muito bem-intencionado que seja, não há espólio de betão que o possa substituir.

Ílhavo é um território rico em equipamentos culturais. Edifícios arrojados, cuja missão não pode deixar de equacionar o património cultural das suas comunidades. Mas, por mais valorizado e vivenciado que seja, esse património não se basta a si mesmo. É também indispensável confrontá-lo com a contemporaneidade. É preciso ver, ouvir e experienciar - ingredientes fundamentais para sentir, pensar e questionar, fomentando o sentido crítico e a participação cívica. Um intento que pode ser alcançado à luz das atuais práticas da criação e do pensamento.

Ao munir-se de uma identidade coesa, vibrante e contemporânea, um território oferece uma experiência de lugar única – não só a quem nele habita, mas também a quem o observa do exterior. Um aspeto de indiscutível importância, porque a prosperidade de um território não é um mero espelho da riqueza económica que produz.

Pertinência

O 23 Milhas concilia programação cultural exigente e ação de proximidade.

A sua orientação programática busca um constante encontro entre as necessidades e interesses locais e a pertinência e validade das propostas artísticas, procurando cultivar a relação entre criadores e espectadores.

É um projeto de desenvolvimento cultural atento às produções e aos consumos das comunidades, o que não se traduz num constrangimento à sua ação mas numa oportunidade de ampliação da sua intervenção: através de práticas artísticas que facilmente estabelecem pontes com a comunidade – como o circo contemporâneo, a ilustração e a música – e de eventos nos quais esta se envolve enquanto cocriadora - como o Rádio Faneca -, o 23 Milhas inicia processos de relação e de abertura às mais diversas práticas contemporâneas. A mediação é um dos traços distintivos da sua ação cultural.

Projeto - Pertinência

O projeto vê em todas as atividades uma oportunidade de relação e de sensibilização de públicos. Um traço reforçado pela criação de atividades específicas para famílias, escolas, jovens, seniores e outros públicos. A sua intervenção abrange apoio à criação, experimentação, pesquisa, investigação e formação. Por isso, a par da programação regular de artes performativas e artes visuais, desenvolve quatro programas de ação específicos:

Programa de Residências Artísticas e Apoio à Criação

Programa de Projetos de Investigação e Inovação

Programa Práticas da Cultura

Programa de Formação

Objetivos

O 23 Milhas é um projeto, transversal e inclusivo, que tira partido da lógica policêntrica do povoamento do concelho de Ílhavo, focando-se no território, na comunidade e na relação com o exterior.

Tem três objetivos estratégicos:

Promover as práticas e a participação cultural da comunidade

Contribuir para o desenvolvimento do setor cultural

Reforçar a coesão e a atratividade do território

Ílhavo

A relação do concelho de Ílhavo com o mar, iconicamente marcada pelo bacalhau, e a sua ligação com a Vista Alegre, marca, lugar e complexo fabril, posicionam o território como berço de dois dos principais símbolos culturais de Portugal: mar e mesa.

Projeto - Ílhavo

A riqueza imaterial é a verdadeira responsável pela agregação de pessoas e dos seus territórios. A relação de Portugal com a “mesa” é inegável. A mesa é o momento de encontro, partilha e celebração. A gastronomia é um dos aspetos culturais mais relevantes dos povos e, no caso português, o bacalhau é o seu ex­‑libris, dentro e além fronteiras. No Natal, serve­‑se o “fiel amigo” na não menos fiel “prata da casa”, enche­‑se a mesa de porcelana. Embaixadas intangíveis que delimitam a história, prolongando a viagem.

Projeto - Ílhavo

CM ÍLHAVO

Equipamentos

Em quatro equipamentos - Laboratório, Fábrica, Casa e Cais - é dinamizado um programa de ação holístico, que pretende ampliar a importância das atividades culturais na vida quotidiana e apoiar os profissionais da cultura.

CASA CULTURA ÍLHAVO

Projeto - Equipamentos

A Casa da Cultura é um equipamento especializado numa programação eclética e multidisciplinar. A aptidão deste espaço para apresentar espetáculos exclusivos, estreias e antestreias tira partido de um conjunto reforçado de parcerias e de redes, posicionando Ílhavo no roteiro nacional de programação de artes performativas.

FÁBRICA IDEIAS GAFANHA NAZARÉ

Projeto - Equipamentos

A Fábrica das Ideias é um equipamento cultural especializado em residências de criação, particularmente vocacionado para as artes visuais e performativas
Ao propósito de acolher e apoiar artistas em processo de criação, junta-se o de trazer a produção cultural para o dia a dia da Gafanha da Nazaré: promover a permanência dos artistas e potenciar o seu cruzamento com os públicos, desmistificar os processos de criação e conceber projetos em parceria com a comunidade.

LABORATÓRIO ARTES TEATRO VISTA ALEGRE

Projeto - Equipamentos

O Laboratório das Artes é um equipamento cultural especializado nas áreas da experimentação, pesquisa, investigação e formação. Para um projeto com a dimensão do 23 Milhas é essencial que exista um espaço – físico e conceptual – dedicado ao pensamento e à exploração nos domínios da criação artística, das ciências sociais e das práticas do setor cultural.

CAIS CRIATIVO COSTA NOVA

Projeto - Equipamentos

O Cais Criativo é um equipamento, de programação e residências, cuja especialização tem um caráter sazonal. Na primavera e no verão, a programação pretende tirar partido dos fluxos turísticos, criando um conteúdo complementar à praia.

Identidade

Partindo das 23 milhas náuticas de alcance luminoso do Farol da Barra, monumento concelhio e nacional, “de luz subitamente tão acesa, de noite e ausência tão rapidamente volvida”, a luz começou a ditar as regras da construção gráfica da representação. Não só da representação figurativa, mas também do significado direto de uma identificação local/regional que se interliga com o território global - uma vez que os limites luminosos de um farol se fundem com todos os congéneres.

A partir da ideia de circunferência luminosa, com a natural e evidente identificação de quatro espaços (ideia igualmente ligada à codificação luminosa do Farol da Barra, composta por quatro luzes fixas), o círculo separa-se em quatro partes iguais, cada uma representativa de cada um dos espaços culturais.

O logotipo do projeto global, 23 Milhas, remete-nos para a representação estilizada de elementos ligados à navegação: um quadrante, uma embarcação ou o feixe luminoso de um farol.

Projeto - Identidade
Projeto - Identidade
Biblioteca Municipal de Ílhavo
OFICINA
17
Fev
14:00
Biblioterapia: Ler Para Viver Melhor
Por Sandra Barão Nobre

Hoje vemos o bem-­estar do ser humano de forma global, onde a saúde não é apenas a ausência de doença, mas sim um estado de bem-­estar físico, social, mental e espiritual. Para alcançar este equilíbrio cooperam várias áreas do conhecimento e a Biblioterapia.

Centro de Documentação de Ílhavo
OFICINA
17
Fev
14:00
Projeto AnimArq
Por Joana Gomes Acensão e Nuno Guerreiro Soares

São vários os desafios lançados pelo projeto AnimArq nesta oficina: ir "à descoberta do arquivo", ser "o arquivista", interpretar "a fotografia como um documento", conhecer o foral de Setúbal e seguir "à descoberta de Bocage, Luísa Todi ou Calafate através de documentos de arquivo".

Museu Marítimo de Ílhavo
OFICINA
17
Fev
09:30
A Mediação para/com pessoas portadoras de deficiência cognitiva
Por Adriana Campos

Vamos trabalhar na mediação para/com pessoas portadoras de deficiência cognitiva? Que desafios é que isso nos traz? Que público é este e o que o torna (ou não) diferente?

Laboratório Artes
OFICINA
17
Fev
09:30
Jogo Gráfico do Gesto
Por Aldara Bizarro

Fazemos gestos a toda a hora, às vezes para substituir palavras, outras vezes por hábito, muitas vezes fazemos gestos sem pensar, às vezes os gestos saem como esbracejares, sem graça nem elegância, outras vezes são pensados como uma peça de xadrez que se move depois de muito tacitamente se matutar, mas o que há dentro de um gesto? Movimento? Emoção? Ideias? Impulso? Dança?

Laboratório Artes
CONVERSA
16
Fev
14:30
Boas Práticas
Conversa

Estamos a norte do país, mas queremos saber como se faz a sul – essencialmente o que se faz de bom. Para isso contamos com a partilha de três exemplos bastante relevantes.

Laboratório Artes
CONVERSA
16
Fev
10:00
Jornalismo Cultural
Debate

O que distingue o jornalismo cultural dos outros? Qual a responsabilidade do jornalismo perante o público, os artistas e as entidades promotoras de eventos? Como se relacionam os jornalistas com esta rede? Neste debate sobre jornalismo cultural ficamos a conhecer a perspetiva de pessoas que normalmente não opinam, porque desempenham um papel que deve ser imparcial.

Fábrica Ideias
MÚSICA
5
Fev
16:00
Danças Sinfónicas
Orquestra Filarmónica Gafanhense

A Orquestra Filarmónica Gafanhense apresenta uma viagem por obras orquestrais de carácter pos-modernista, tendo como convidado o Prof. Dr. Jorge Castro Ribeiro (UA, INET-md). Esta proposta é apresentada enquanto Concerto Comentado, partindo das “Danças Sinfónicas” do compositor Leonard Bernstein como obra central do programa.

Casa Cultura
TEATRO
25
Mar
21:30
Lear, de William Shakespeare
Teatro da Didascália + Teatro do Bolhão

Em Rei Lear, de William Shakespeare, existe um reino para dividir em três. Três são as filhas herdeiras e a cada uma caberá uma parte, tanto maior quanto a demonstração do seu afeto pelo rei. A premissa é simples e uma porta aberta à charlatanice. De um lado, um rei que procura comprar o amor de suas filhas. Do outro, duas filhas que não poupam em palavras doces e juras de amor eterno pelo rei.

Fábrica Ideias
TEATRO
11
Mar
21:30
Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa
Sara Barros Leitão

Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa é o título roubado clandestinamente a um texto do livro “Novas Cartas Portuguesas”, e que dá o mote para este espetáculo.

Fábrica Ideias
TEATRO
24
Fev
21:30
Moço da Cola
Astro Fingido

O “Moço da Cola” parte da história local de Lordelo (Paredes) para refletir sobre um momento crucial na história do país – o 3.º quartel do séc. XX - e as mudanças que então ocorreram. Os moços da cola eram crianças que cedo abandonavam a escola para ajudarem, com o seu parco rendimento, a economia doméstica.

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bol - Bilheteira Online
Tel.

234 397 260


Para assuntos relacionados com bilheteira contactar os números 234 397 263

©2019 23 Milhas
Image
Website desenvolvido por Bondhabits.
Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile